Notícias

Evento em Pacaraima (RR) discute escuta qualificada de migrantes

Pacaraima – Na última terça-feira (9), representante da Defensoria Pública da União (DPU) participou de debate promovido pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) e pela Organização Internacional para as Migrações (OIM), para discutir a escuta qualificada de migrantes, como os que chegam ao Brasil vindos da Venezuela, na zona de fronteira, no município de Pacaraima (RR). 

A atividade aconteceu no contexto da Operação Acolhida, uma força-tarefa logística humanitária que une instituições brasileiras e organismos internacionais. Sobre o encontro, o defensor público federal Deraldino Alves de Araújo Filho, que representou a DPU na ocasião, explica que “conversar sobre tráfico de pessoas, com enfoque na escuta qualificada e na forma de abordagem ao cidadão, tema tão sensível e desafiador, foi de extrema importância para uma melhor qualificação de todos os atores que integram a Operação Acolhida”.

Operação Acolhida

Na Operação Acolhida, a DPU atende, ininterruptamente, migrantes venezuelanos e auxilia na regularização migratória, principalmente de crianças e adolescentes indocumentados, desacompanhados ou separados assim como exerce o permanente monitoramento de violações de direitos humanos.

A força-tarefa funciona sob coordenação do Governo Federal, e conta com a presença das forças armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica), da Polícia Federal, da Receita Federal, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, do Ministério da Cidadania, além de ter a colaboração do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA), do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), da Organização Internacional para as Migrações (OIM) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Assessoria de Comunicação Social
Defensoria Pública da União