Operação contra o trabalho escravo aufere R$1,5 milhão em indenizações