Notícias

DPU participa do lançamento do balanço humanitário da Cruz Vermelha

Brasília – O Balanço Humanitário do Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV) traz informações sobre as atividades realizadas pela instituição em favor de diferentes populações e da promoção do Direito Internacional Humanitário e dos Direitos Humanos. Esses são valores compartilhados com a Defensoria Pública da União (DPU). Por isso, o defensor público-geral federal, Daniel Macedo, compareceu ao lançamento do documento, que aconteceu em cerimônia nessa quarta-feira (23), em Brasília.

De acordo com Macedo, “a troca de informações técnicas, o trabalho de campo, a participação e o fomento de políticas públicas permitem potencializar os serviços prestados por ambas as instituições”. O balanço faz um resumo das atividades em 2021 e chama atenção para os impactos da violência armada no mundo. Foi elaborado pela Delegação Regional para Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai.

Leia a íntegra do documento.

Para a organização, a violência armada é um problema complexo que tem muitas consequências que vão além de estatísticas como número de homicídios e tiroteios. “A violência armada continua sendo um grave problema em alguns estados do Brasil. Embora os dados tenham flutuado nos últimos anos, permanecendo altos, as dinâmicas de confrontos, disputas e suas mudanças seguiram tendo grande impacto na vida da população”, afirmou o chefe da Delegação Regional do CICV, Alexandre Formisano, no evento.

Ele também ponderou que para além dos homicídios e feridos, estão as consequências menos visíveis, como deslocamentos internos, desaparecimento de pessoas, afetação da saúde mental, impacto no acesso a serviços públicos essenciais como unidades de saúde e escolas, entre outros. A partir de atividades de diversos programas, o CICV atua de maneira coordenada e transversal para apoiar a sociedade e o Estado brasileiro a enfrentar as consequências humanitárias da violência armada. Esse trabalho é conduzido por meio de parcerias, com recomendações e assessoramento, para fazer mais e impactar pessoas, ter ações sustentáveis.

Assessoria de Comunicação Social
Defensoria Pública da União