DPU participa de sessão da Aidef sobre assistência a migrantes e refugiados

Brasília – Uma proposta de rede e modelo regional de assistência jurídica a pessoas em situação de mobilidade – migrantes e refugiados – foi apresentada em sessão da Associação Interamericana de Defensorias Públicas (Aidef), que ocorreu em 21 de dezembro. Os membros da associação terão até o dia 29 de janeiro para apresentar propostas de alteração ao texto do modelo regional. 

O Grupo de Trabalho de Migrações, Apatridia e Refúgio (GTMAR), da Defensoria Pública da União (DPU), foi representado pelo coordenador, o defensor público federal João Chaves, e a Assessoria Internacional da DPU também participou do encontro.

Mais de 46 representantes, dentre as instituições associadas da Aidef participaram da videoconferência apresentada pela Coordenação-Geral e Secretaria-Executiva da Aidef, bem como pela equipe gestora do Programa de Governança do EurosociAL+.

Assessoria Internacional
Defensoria Pública da União