Notícias

DPU acompanha ato realizado pelo assentamento Irmã Dorothy, em Quatis/RJ

Volta Redonda – A Defensoria Pública da União (DPU) em Volta Redonda (RJ) acompanhou, por meio do projeto A Defensoria Vai Aonde o Pobre Está, ato realizado por representantes do Assentamento Irmã Dorothy (MST), no município de Quatis (RJ), em 16 de fevereiro. 

O ato, que teve como pauta a realização de obras de infraestrutura no assentamento, consistiu em uma caminhada da praça central da cidade até a sede administrativa do município. Cerca de 50 pequenos agricultores e agriculturas do Movimento Sem Terra (MST) permaneceram com faixas, cartazes e alimentos agroecológicos, distribuídos posteriormente.

A DPU esteve presente no ato a fim de assegurar o direito de reivindicação dos manifestantes, além de mediar processo administrativo que já se arrasta há alguns anos. Trata-se de processo acompanhado pela DPU, que atende o assentamento desde 2019, via projeto A Defensoria Vai Aonde o Pobre Está

As assentadas e os assentados estão ilhados devido às fortes chuvas na região e destacaram a necessidade de efetivação de política públicas, em razão de diversos problemas estruturais que afetam diretamente suas vidas e trabalho. Entre as dificuldades estão estradas inacessíveis ao redor do assentamento, que inviabilizam o escoamento de suas produções e o deslocamento a escolas e o acesso a serviços de saúde. 

O projeto A Defensoria Vai Aonde o Pobre Está foi criado em 2016 para promover a garantia do acesso à justiça integral e gratuita para a população em situação de vulnerabilidade no sul do Estado do Rio de Janeiro.

Assessoria de Comunicação Social
Defensoria Pública da União